Blog

Como aumentar o desempenho do concentrador PPPoE Mikrotik

Aumente o desempenho do concentrador PPPoe Mikrotik

Aumentar o desempenho do concentrador de PPPoe Mikrotik é um dos desafios dos operadores e administradores. É cada vez mais comum os concentradores apresentarem falhas causadas por erros de implantação e sobrecargas. Para ajudar a evitar esse tipo de problema, existem algumas práticas que devem aumentar o desempenho do concentrador.

Entre os principais problemas nos concentradores de PPPoe Mikrotik está a atribuição de muitos serviços ao concentrador.  Essa confusão de serviços eleva muito o processamento do equipamento, impedindo o bom funcionamento do concentrador.

Assim, quando ocorre uma queda massiva de clientes, pode afetar a autenticação de todos os usuários. Inclusive os que não estão conectados nos pontos com o problema. Por exemplo, um rompimento de fibra em determinada região da rede, pode elevar o CPU do Mikrotik ao máximo até que seja terminado a remoção e reautenticação de todos os clientes.

Saiba mais 

Segurança de rede é um dos segredos para o sucesso!

Algumas ações de prevenção evitam esse tipo de problema, por isso, separamos para vocês 5 dicas poderosas que vão aumentar o desempenho do concentrador e ajudar a garantir a boa experiência dos clientes!

1 – Evite todo nateamento de ips dentro da caixa!

O NAT e redirecionamento de portas no PPPoe Mikrotik são partes relacionadas com o Firewall do RouterOS; Essas opções devem ser configuradas com precaução. O ideal é que sempre que possível não seja realizada a NAT dentro do autenticador para evitar esse tipo de problema!

Saiba mais

Como o suporte de rede ajuda a oferecer a melhor internet

2 – Separar os clientes por interface ajuda o concentrador PPPoe Mikrotik

A interface é um elemento que proporciona uma ligação física ou lógica entre dois sistemas ou partes de um sistema que não poderiam ser conectados diretamente. Ao separar clientes por interface você diminui as chances de falhas, pois assim, o concentrador PPPoe Mikrotik consegue atuar de forma mais segmentada, e, portanto, com mais agilidade, evitando a concentração de atividades e melhorar a utilização da CPU.

3 – Utilizar o recurso da Tabela Raw de forma correta auxilia a aumentar o desempenho do concentrador PPPoe Mikrotik

A tabela Raw quando utilizada corretamente permite a criação de um conjunto de regras que podem diminuir a carga da CPU. Assim é possível tratar fluxos de pacotes antes que sejam mapeados. Usar esse recurso de forma correta vai melhorar o desempenho do seu concentrador PPPoe Mikrotik.

Saiba mais

O alto consumo está deixando sua rede instável?

4 – Cuidado ao implementar QUEUE estáticas 

As QUEUE estáticas devem ser implementada com atenção redobrada, algumas falhas na criação e na configuração de QUEUE pode afetar diretamente a performance da caixa e dos clientes. É preciso ter muito cuidado ao usá-las para que o desempenho do seu concentrador PPPoe Mikrotic não seja comprometido.

Saiba mais

Por que você precisa de uma consultoria especializada em Gestão de Redes

5 – Fique atento a sobrecarga da caixa

É cada vez mais comum haver sobrecarga da caixa e saturação de recursos, por isso, é preciso monitorar o tráfego agregado para ter certeza de que o número de usuários simultâneos não é maior do que o seu concentrador PPPoe Mikrotic é capaz de suportar. Através do nosso monitoramento conseguimos identificar a mapear a capacidade total do equipamento. Esse tipo de sobrecarga pode afetar todos os usuários, causando sérios problemas para a rede!

Gostou do conteúdo? Clique no link abaixo agora e baixe o seu Ebook gratuito!

 

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.